Ninguém contou...

Antes que você engravide, ninguém diz como é, ninguém te conta os mínimos detalhes, só te falam do depois. Ai você aparece grávida, e as pessoas te cobram como se você soubesse exatamente o que tem que fazer ou não. A questão é: por que ninguém te conta? Sorry, but i don't have a idea!

Ninguém me disse que minhas noites seriam interrompidas com idas e vindas do banheiro. Ninguém me disse que eu teria que deixar de comer trocentas milhões de coisas que eu amo por serem gordurosas e pouco nutritivas pro bebe. Ninguém me contou que meu intestino ficaria preso mais do que ele já é. Ninguém me contou que meus seios iam ficar inchados e doloridos e com os bicos parecendo uma pedra.
Ninguém me falou que eu não iria mais conseguir usar nada apertando a barriga (nisso incluímos calcinhas, calças e até blusas mais justas). Ninguém me disse como seria você mexendo ou quando seria. Ninguém me falou que meu cabelo ia cair absurdamente, que minhas unhas ficariam frágeis e que minha pele ficaria oleosa e cheia de espinhas. Ninguém, absolutamente ninguém, me contou que eu teria enjoos e indisposição, na verdade, só falavam que era normal e que passaria depois dos 3 meses. Lie, sweet! Eu tenho todos os dias pelo menos uma horinha enjoada, e não importa o que eu faça, não passa.

Entre outras coisas que já aconteceram e ainda vão acontecer, vejo que a gravidez é realmente uma caixinha de surpresas dessas que a gente descobre coisas lindas e coisas absurdas todos os dias.
Temos que tomar algumas decisões um tanto quanto preocupante, como por exemplo qual tipo de parto vamos querer, ou com quem e onde. Cara, desculpa, mas é esquisito você confiar a vida e saúde do seu filho, do ser que você mais ama, nas mãos de uma pessoa que você conhece a menos de um ano. No meu caso, que ainda vou conhecer (já que estou sem obstetra para parto).

Amanhã fazemos 17 semanas juntos. 11 semanas sabendo que você tá aqui dentro. 11 semanas cuidando de você, te acarinhando, conversando sem parar sobre milhões de assuntos. Te sacolejando, aprontando algumas com você aqui dentro. Te carregando pra vários lugares, com milhões de pessoas te fazendo carinho e já te incluindo na vida delas. Já te levamos até pra viajar! Isso tudo com menos de 17 semanas.
Já sentimos você mexer, bem fraquinho, às vezes nem parece que é você e só reconheço porque nunca senti algo igual na vida. Já te vi várias vezes e em cada ultra é uma surpresa. Na primeira seu coração, na segunda você chutando a mamãe e na terceira você acenando com as mãos. Fico pensando: qual será a próxima surpresa? Será que vamos conseguir ver se você é menina ou menino? Ou será que você vai continuar se escondendo da mamãe até o final?

Hoje acordei cheia de dúvidas e incertezas, não a seu respeito, tenho certeza que você é a melhor coisa que já aconteceu nessa encarnação. Minhas dúvidas são a respeito do parto (quero natural, mas tô achando que vai ser cesária) e minhas incertezas são a respeito do casamento. Tenho tantas coisas pra resolver, e só consigo pensar em você, que vai ser a atração principal junto comigo (isso se não me deixar pra trás, rs).

É filhote, a vida não é muito fácil não. Mas eu e seu pai vamos fazer de tudo pra te esclarecer sobre qualquer coisa, e se a gente não souber, vamos dar um jeito. A gente te ama muito! Um amor tão grande e puro que só quem é mãe ou pai consegue sentir.

Beijos

Nenhum comentário:

Postar um comentário