#PSCC

Oi coisa-mais-linda-da-mamãe,

Não temos lá muitas novidades pra contar, essa semana estamos totalmente enrolados. Mas, como sempre, vamos começar pelo começo. Nada de sair colocando a carroça na frente dos burros.
Sábado tínhamos que ir pro curso, mas, a mamãe super esperta não colocou o telefone pra despertar, e o papai só ligou em cima da hora. A preguiça e a dor falaram mais alto, e não fomos. Até ai, tudo bem, poderíamos estudar em casa, e foi o que fizemos, lemos um pouco de um livro espírita, mas a alma sentiu que não foi o suficiente, infelizmente. Bom pra aprender, nunca mais faltaremos sem um motivo realmente plausível.
A hora passou não-tão-rápido, mas ficamos deitadinhos a manhã inteira. Não conseguimos voltar a dormir. Você anda se mexendo mais que nunca, quero ver se na sexta-feira vai estar assim... Vamos aguardar. A tarde, quando papai chegou, ficamos descansando e conversando na cama um bom tempo. Não fizemos lá grandes coisas, afinal, no dia seguinte teríamos uma manhã bem movimentada.

PSCC, DoArte e GFAL

Sabe aqueles dias que você acorda e nada fica bom, você se sente a pessoa mais feia e todas as roupas que você põe ficam desconfortáveis e horríveis? Pois é, esse foi meu domingo. Nada ficava bom. Coloquei um vestido da minha loja e fui pro ponto de encontro com a galerinha do bem.
Conhecemos muitas pessoas novas, todos afim de compartilhar momentos incríveis juntos. Domingo tivemos a ação da beleza e limpeza no asilo que ajudamos. Os meninos ficaram capinando, e as meninas cuidando das idosas.
Conversamos muito também! Conheci uma polonesa, uma índia e até uma italiana, incrível a riqueza que essas almas tem pra nos ensinar. Eu realmente não consigo entender porque a família abandona e finge que eles não existem.
A mãe sente a dor de parir um filho, cuida dele, ensina tantas coisas, dá a vida pela dele... E quando ficam velhas e precisam de carinho e atenção, os mesmos filhos que elas dedicaram as vidas, fingem que elas não existem, cagam-e-andam pra elas. Dói pensar que isso pode acontecer comigo, em qualquer um dos papéis.

Precisamos começar a pintar as caixinhas do casamento, OMG! Tantas coisas pra fazer... Hoje foi dia da faxina. Limpamos o quarto, tiramos o pó, reorganizamos algumas coisas, trocamos a roupa de cama, essas coisas. Mais tarde vamos dar um jeitinho da unha. Espero que o papai não esqueça que prometeu nos levar ao cinema hoje! Runf.

Vamos almoçar, mesmo meio lerda pelo dramim de ontem e sem fome por ter comido um belo que um café da manhã, não podemos pular refeições, se não nosso melhor amigo enjoo vem com tudo.

ps: Viva a maratona de Harry Potter! Nosso domingo teve um final maravilhoso acompanhando essa maratona. Digamos que são os livros que marcaram a minha infância e que eu pude acompanhar como filmes na adolescência. Amo muito!

Te amo, filhote. E quero muito que você continue no caminho do bem, mesmo depois de grandinho.
Beijos, da mamãe mais babona da web.

Nenhum comentário:

Postar um comentário