Relatos de um Pai

A moleza tá tomando conta de mim esses dias, infelizmente. Começo a fazer as coisas, mas não tenho ânimo nenhum de continuar ou terminar. Tô cheia de coisas do casamento, do chá de bebe e pra você pra fazer e não encontro disposição nenhuma. Nem pra fazer as unhas tô animada.
Hoje estamos fazendo 26 semanas, quase completando 7 meses, e você tá cada dia maior. Minha barriga não tá mais pra baixo como antes, agora ela tá mais pra cima, já sinto seus movimentos a cima do umbigo e, como sempre, você vive se remexendo pro seu pai. Essa semana você se comportou muito bem, nada de desejos estranhos, enjoos ou sustos. Só o de ontem, mas passou já. Vamos ao relato do papai dessa semana? : )

____________________________________________________________________

26ª Semana:



Já se passaram 26 semanas ue está conosco. Restam, aproximadamente, 16 semanas. O nervosismo bate a porta. Ao mesmo tempo que a felicidade transborda por saber que daqui a pouquíssimo tempo você estará aqui, a ansiedade e preocupações borbulham em nossa cabeça:" Será que vamos ser bons pais? Será que vai gostar de nós? ". Mas logo os questionamentos vão embora ao perceber seus chutes, que agora além de senti-los, já é possível ve-los. Mamãe fica enciumada, pois é só eu chegar perto de você ou falar, pra você começar a chutar. Não sei por você, mas pra mim você já é a minha melhor companhia.
Filha, daqui um tempo, quando você souber ler, te mostrarei todos esses relatos para saber como era nossa vida antes de seu nascimento. Não faço isso pra mostrar aos outros, faço isso pra mostrar a você. Quero que saiba como era a minha vida antes de você aparecer e quero que vejo o quanto você a fez melhorar.
Quero que você saiba que nada nesse mundo é maior do que o amor que sinto por você. Toda vez que saio pro trabalho, deixo meu coracao com você, é um aperto imenso ficar longe por 1 min que seja.

Maria Luisa, você é tudo o que eu tenho de mais nobre no meu coração. Você não é apenas a minha filha. Você é o meu mundo. Você é a minha vida.

Te aguardo de braços abertos, de sorriso nos lábios, de prantos nos olhos e com amor, muito amor no meu coração.
Eu te amo
Seu pai

Nenhum comentário:

Postar um comentário