Malu Encaixou!

Cada gravidez é diferente. O mais comum é que o bebê encaixe lá pra 36ª semana de gestação, porém, se encaixar antes, não quer dizer que o bebê vá nascer antes da hora prevista. Já para as mamães de segunda, terceira ou mais viagens, é mais comum que o bebê encaixe apenas no começo do trabalho de parto.
Os médicos chamam de "bebê encaixado" aquele que já está com a cabeça (ou o bumbum) fixa na pélvis da mamãe. O bebê encaixa porque, conforme chega o final da gestação, a parte de baixo do útero aumenta de largura e facilita a entrada da cabeça (ou do bumbum, rs) na cavidade pélvica.
Existem mulheres que sentem que de repente ficou mais fácil de respirar e não sentem mais azia. Entretanto pode ficar mais difícil de andar, e aquela vontade de fazer xixi toda hora volta com tudo! A barriga também parece mais baixa para as pessoas, em alguns casos.


No meu caso (que é o único que posso falar com certeza) não foi bem assim. Ontem fomos fazer uma ultrassonografia obstétrica comum, que pediram na última consulta, pra ver como a Maria Luisa está em quesito saúde. Quem me conhece sabe que esses dias não tem sido os mais fáceis.
Fomos até o Hospital Pasteur da Tijuca onde a médica constatou que a cabecinha dela estava pra baixo, quase encaixando já. Ela tá com 2,5 kg, e nenhuma circular de cordão. O que é ótimo pra quem quer ter o parto humanizado, como eu.
Até ai, ok. Chegamos em casa, e o primo Thiago constatou o que nós já "sabíamos". Maria encaixou! Cabecinha presa, nem mexe. Por isso que ela anda tão quietinha esses dias. E vale lembrar que a lua virou dia 26, no último sábado, que foi quando eu comecei a sentir umas dores esquisitas e a Malu bem quietinha.

Ou seja, ela encaixou com 33 semanas e 3 dias, com a cabeça. Minha respiração continua ofegante, me sinto uma fumante, não consigo fazer nada sem ficar com falta de ar. Sinto muitas dores nas costas, na região da pélvis, e na pepeca. A azia não melhorou, os pés da Malu estão próximos ao meu estômago, então eu sinto uma fome do cão e nem consigo comer muito, mas como toda hora, o que tá facilitando meu ganho de peso, infelizmente. Andar não está sendo fácil também, ou ando igual uma pata, toda aberta, ou não consigo separar as pernas, já que sinto como se algo fosse escorregar e sair a qualquer momento (o que realmente vai acontecer, porém não agora), sentar e levantar também não é fácil, na verdade, é mais fácil andar do que agachar ou levantar da cama. E o xixi? Bem, sou bem reguladinha. Durante o dia a vontade é absurda, vou toda hora ao banheiro, e o pior é que eu sinto uma vontade absurda de fazer xixi, achando que vão sair dez mil litros de água de dentro de mim, e não saem nem cem mililitros. É, complicado. De madrugada tenho hora para levantar, geralmente entre as 4 e 5 da manhã, depende da hora que vou dormir.

E, tenho certeza que algumas pessoas vão me perguntar isso, sim, eu senti muita dor quando ela encaixou. Coisa de não conseguir andar, fiquei super dolorida depois também. Achei meio estranho, mas é bom saber que ela tá bem, já que em 2 dias se a senti mexer por meia hora foi muito. O que é bem anormal, já que ela adooooooooooooooora mexer pro pai e pra mim.

Bem, é isso. Notícias ótimas! Tô bem mais leve, agora é só esperar ela ganhar peso, ficar pronta e nascer. Final de semana vou fazer uma postagem sobre a mala maternidade. Tô me planejando pra montar, HAHA.

Beijos da mamãe super orgulhosa e feliz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário